• casavelha.jpg
  • casadopovo.jpg
  • largopequeno_mesas.jpg
  • parque_belide.jpg
  • relogiodesol.jpg
  • pelourinho.jpg
  • igreja.jpg
  • igreja_belide.jpg
  • brasao_matos.jpg
  • largopequeno.jpg
  • parquefotovoltaico.jpg
  • largodacasadopovo.jpg
  • polidesportivo.jpg
  • sededajunta.jpg
  • fonte.jpg

Recenseamento

Foi publicada a Lei n.º 47/2008, de 27 de Agosto, que estabelece o novo regime do recenseamento eleitoral e consagra medidas de simplificação e modernização que asseguram a actualização permanente do recenseamento através de novos meios tecnológicos. O novo sistema (SIGRE) fez cessar por parte das Juntas de Freguesia a emissão do cartão de eleitor, mantendo-se transitoriamente na posse dos titulares para efeitos da legislação eleitoral ou referendária, os já emitidos.

Da aplicação da nova Lei estacam-se os seguintes pontos:

  • medidas de simplificação com destaque para a inscrição automática no recenseamento dos cidadãos nacionais que completam 17 anos e sejam nacionais residentes no território nacional;
  • a actualização automática da inscrição no recenseamento eleitoral quando os cidadãos eleitores residentes no território nacional actualizem a morada no cartão de cidadão;
  • a inscrição automática no recenseamento dos cidadãos estrangeiros residentes, com capacidade eleitoral, que façam essa declaração de vontade nos termos legais junto das Comissões Recenseadoras ou do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras;
  • o reforço, através de um Sistema de Informação e Gestão do Recenseamento Eleitoral (SIGRE), dos mecanismos de actualização permanente do recenseamento de forma a que este corresponda tendencialmente ao universo eleitoral;
  • a inovação nos meios e procedimentos de interacção entre os sistemas de informação de identificação civil e a BDRE;
  • a interoperabilidade do SIGRE com a plataforma de serviços comum do Cartão de Cidadão, modernizando os aspectos essenciais no processamento da informação;
  • uma mais moderna forma de acesso das comissões recenseadoras à BDRE, via SIGREweb (internet);
  • um processo transparente e seguro que permite efectuar, com plenas garantias para os cidadãos a verificação de duplas inscrições, dos dados inexactos e o regime de eliminações, em casos tipificados, assegurando-se que nos cadernos de recenseamento constem apenas cidadãos eleitores;
  • o regime de produção e emissão dos cadernos de recenseamento de forma a assegurar que esta ocorre de forma mais célere, com recurso intensivo a meios electrónicos, em benefício dos cidadãos e sem prejuízo das competências das Comissões Recenseadoras;

Para consultar o seu número de eleitor aceda ao serviço abaixo.

consulta online do eleitorConsulta on-line dos cadernos eleitorais